Iniciação de Reiki à distância

Iniciação de Reiki à distância

COVID-19


CONVOCAÇÃO PARA O ENSINO DO REIKI À DISTÂNCIA (03/04/2020)

 

O Instituto Brasileiro de Pesquisas e Difusão do Reiki está recomendando, que todos, os Mestres de Reiki, que se sintam em condições, em função do isolamento social (COVID-19), iniciem imediatamente o ensino do Método Reiki à distância.

Há estudos científicos, publicados na USP, que o Reiki é uma poderosa ferramenta para o fortalecimento do Sistema imunológico. Com esta triste realidade do Corona Vírus, mais do que nunca, temos que estar conectados e ensinando o Método Reiki.

O cientista Albert Einstein, foi considerado, por duas das maiores revistas científicas americanas, como a personalidade do século passado, disse Einstein: “Triste época! É mais fácil desintegrar um átomo do que um preconceito”. Fico triste quando encontro pessoas preconceituosas ensinando o Reiki. Uma pena, alguns considero bons mestres, mas, por puro preconceito, ficarão sem ensinar nesse momento turbulento de isolamento social (COVID-19).

Nos anos de 1998 a 2000, Rita e eu fizemos um trabalho social, com o Reiki, no Triângulo Mineiro, mais especificamente em Ituiutaba (Lar Pouso do Amanhecer). Chico Xavier ainda estava vivo, me recordo que numa de suas entrevistas, quando ele foi questionado por um jornalista que perguntou: “Chico, e se a Ciência provar que você está equivocado?”. Chico, com toda aquela humildade, respondeu: “Fiquem SEMPRE do lado da Ciência.” A Ciência é o caminho para se chegar a Deus pela razão; devemos ficar sempre do lado dela.

Passados poucos anos, dois de meus mais dedicados alunos de Mestrado em Reiki, mais especificamente Antonio Mello (Zanon) e Claudia Secassi iniciaram o ensino do Reiki com Iniciações à Distância; me interessei pela novidade e fui visitar o amigo e aluno Mestre Zanon, em seu apartamento em Copacabana, para aprender como ele estava fazendo. Ele gentilmente me explicou, fiquei encantado, abençoei o trabalho pioneiro dele e expliquei que, no Instituto de Reiki, nossos cursos seguiriam presenciais, por ser a nossa predileção. Gosto de abraçar meus alunos, de olhá-los nos olhos.

Fui buscar respostas na Ciência e posso lhes assegurar que as Iniciações de Reiki à Distância funcionam muito bem, apesar de alguns, não sei por qual motivo, pregarem que não. A Ciência diz que funciona; leiam sobre o Paradoxo E.P.R. (Paradoxo de Einstein-Podolsky-Rosen):

https://pt.wikipedia.org/wiki/Paradoxo_EPR

Contestar esse importante tratado científico seria tarefa apenas para pessoas com uma base acadêmica muito sólida, como, por exemplo, um Pós-Doutor em Física Quântica.

Em resumo, em 2003 comecei a ensinar, aos meus alunos de Mestrado em Reiki, como realizar Iniciações de Reiki à Distância, apesar de não as fazer.

Como em tudo na vida que envolve dinheiro, envolvem disputas, Zanon Mello e Claudia Secassi começaram a sofrer pesadas críticas sobre a idoneidade de seus trabalhos. No ano de 2016, a fim de ampará-los profissionalmente, coloquei este link, aqui no site do Instituto Brasileiro de Pesquisas e Difusão do Reiki, inclusive com o vídeo abaixo, de uma aula de Mestrado em Reiki, de 2016, onde ensinei meus alunos, numa prática, a “Iniciar à Distância”.

Meu coração se encheu de alegria, quando, recentemente, outra aluna muito dedicada e competente, a Mestre de Reiki Cristine Di Lorenzo, que ensina o Reiki de forma presencial, me informou que havia se adaptado a realidade da pandemia e havia iniciado pessoas à distância, pela primeira vez.

Agreguei muito conhecimento com Mestres de Reiki ocidentais, a quem lhes serei eternamente grato, mas, o Reiki é um Método nascido no Japão. Com a Graça de Deus, Rita e eu estivemos em 4 (quatro) diferentes anos no Japão, sempre pesquisando o Método Reiki, mais especificamente nos anos de 1998, 2002, 2011 e 2018.

O renomado cientista Isaac Newton, escreveu em 1675: “Se eu vi mais longe, foi por estar sobre ombros de gigantes.” Após ler críticas, não só de Iniciações à Distância, de renomados Mestres de Reiki ocidentais, por ser o Reiki uma prática japonesa, resolvi “apontar a minha bússola para o Japão”. Meus gigantes, onde me apoio, de alguns anos para cá, são o Sensei Doi Hiroshi (membro da Usui Reiki Ryoho Gakkai); Sensei Noriko Ogawa e Fuminori Aoki (fundadores da Reido Reiki, de Tóquio) e o Sensei Hyakuten Inamoto (monge budista que vive em Kyoto). Recebi, de um deles, a informação, que no terremoto de 01 de setembro de 1923, em Tóquio, o Sensei Usui fez uso de um tipo de iniciação (Reiju) diferente, coletiva e à distância, para conseguir iniciar, às pressas, centenas de colaboradores.

Reikianos, fiquem tranquilos, o ensino à distância do Reiki não fere os Preceitos e Princípios Filosóficos do Reiki. O Sensei Usui só não ensinava o Reiki à distância pelo fato da Internet ter iniciado em 1993 (o Sensei faleceu em 1926), ele era flexível. O que fere os preceitos e Princípios do Reiki é criticar e julgar o trabalho alheio, afinal, disse o Mestre Jesus: “Não julgueis, para que não sejais julgados.” (Mateus 7:1) Aos que criticam, finalizo com as palavras do Mestre Jesus: “Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem.” (Lucas 23:34)


Depoimento de uma efetiva Iniciação de Reiki à distância (por Johnny De' Carli)

DEPOIMENTOS DE ALUNOS INICIADOS À DISTÂNCIA

Depoimento de Luciene Taveira Cristino

Contato: [email protected]

Data da iniciação à distância: 29 de abril de 2020.

Nível: 3-B (Mesrado)

Cidade: Campo Grande – MS

 

Bom dia Mestres Rita e Johnny De’ Carli…

 

RELATO DE INICIAÇÃO NO REIKI, DO NIVEL 3-B

 

Uma hora antes, do horário marcado conforme orientou a Sensei Rita, fiz todos os preparativos: som; incenso; estava relaxada deitada na cama, aplicando Reiki.

Supus que havia começado a minha iniciação pois, senti a minha cabeça expandir, uma espécie de abertura e ela ficou pesada – semelhante ao peso quando se é acometido de enxaqueca. E sentia ela se expandir cada vez mais. Eu estava vendo e sentido meu chacra coronário girando, girando… E recebendo uma energia muito forte.

A minha sensação era de ser uma espectadora desse momento. Sabia que eu estava ali deitada, passando por um processo. Mais eu estava fora também, vendo isso acontecer.

Comecei a ver luzes coloridas, verde, vermelha, azul, lilás, amarela. Com predominância das cores lilás e verde. Os feixes de luzes começaram a subir bem alto e explodir igual fogos de artifício.

Logo a seguir, comecei a sentir uma forte dor no olho direito que foi irradiando para o centro da testa, para as têmporas e ao mesmo tempo meu tornozelo esquerdo latejava muito.

E no solado do pé esquerdo, bem no centro, senti movimentos giratórios. E senti a energia quente e borbulhante subindo pela perna. Em alguns pontos da perna esquerda e quadris ocorriam coceiras, já na outra perna a musculatura da cocha começou a dar espasmos que me incomodavam e não me deixava relaxar.

Existia dois movimentos de energia fluindo no meu corpo. Uma descia da cabeça e outra subia pelas pernas. Ambas se misturaram tanto na área do abdômen quanto na do tórax. O encontro das duas energias nessas áreas foi muito forte. A intensidade foi algo semelhante ao rompimento de uma barreira. Parecia que a quantidade do fluxo de energia ia arrebentar minhas veias, coração, fígado, baço, aparelho reprodutor. Senti cada parte do meu corpo vivo e apresentando dores… fiquei agitada. Foi algo diferente, muito intenso e assustador. Até porque; isso estava acontecendo e eu não tinha controle sobre meu corpo. Minha mente estava desperta e, no entanto, o corpo estava inerte. Achei que estava passando mal. Pensei em levantar e chamar meu marido. Interessante que durante esse intenso processo ocorrido, senti pela primeira vez na vida a existência bem definida de alguns dos meus corpos: o físico, o emocional e o mental. Eles dialogam entre si para minimizar as sensações pelas quais estavam passando e um acalmava o outro. Tipo… tranquilize! Essa dor não está aí em você. Estás sentindo apenas a impressão do que está ocorrendo em mim. Mas não está doendo mim e nem em você.

Depois que foi paulatinamente amenizando o turbilhão pelo qual passei. Veio um frescor e todas as áreas corporais ficaram leves. Apesar disso, outras situações eram apresentadas. Sentia todo meu corpo se expandido, ficando enorme, como se ele tivesse se misturando no espaço.

Todas essas sensações me incomodaram porque o meu propósito era deitar, fazer Reiki, relaxar e deixar a mente ir para um local calmo.

Acalmado o corpo. Situei meu pensamento na iniciação. E fiquei refletindo como fazer para relaxar e mentalizar um local calmo e agradável.

Comecei a controlar a respiração, tranquilizar e tentar orientar a ida para a um local agradável para receber a iniciação do Sensei Johnny. Pois, segundo a Sensei Rita deveríamos estar apenas eu e o Mestre Johnny num local para ocorrer a iniciação.

A iniciação ocorreu só que não dá forma como eu queria, ora vejam só. Queria estar num campo bonito de trigo e seguindo os passos do Mestre Jesus. Tentei mentalizar isso. Mas, alguém me orientou e mostrou-me uma cachoeira, com uma fina queda d’água. Olhei para aquela cachoeira e pensei ir para lá. Mas uma força me puxou para um outro lugar.

Num piscar de olhos eu estava fora do planeta Terra. Fiquei no espaço, vi a Terra, o Sol, outras estrelas, galáxias. E os caminhos de Luz no Universo. Estradas em forma de tubo de luz que se entrecruzavam e sumiam no infinito.

Fiquei encantada ao olhar para trás e ver a via láctea. E estava indo para longe dela cada vez mais. Quando tive essa noção de distância eu logo lembrei da iniciação com o professor Johnny, rsrs. No momento em que me conectei a ideia da iniciação fui puxada para lá, imediatamente, pela força do pensamento e na velocidade dele.

Cheguei nesse outro local. Respirei fundo, me acalmei e caminhei em direção a cachoeira. Era um lugar ermo e só tinha a cachoeira. À medida que ia caminhando ia pensando como eu queria o lugar. E mentalizei flores, árvores e um riacho e tudo era construído. Mas logo adiante comecei a ver ambientes que eu não havia planejado. Era um local muito mais bonito, coisa de profissional.

Avistei um grande caramanchão sustentado por lindas colunas gregas, coberto de vegetação e muitas flores. Assentos, pessoas e o Sensei vestido com uma longa toga romana na cor branca e uma túnica que tinha uma faixa na cor roxa/quase purpura. Sensei estava de pé no centro do caramanchão, me aproximei dele e ao olhar para mim notei que também estava trajando vestes romana.

O Sensei começou a falar e eu de pé em frente a ele. Pensei em retirar as pessoas dali, pois não era para elas estarem ali. Só que elas não saiam! Mas, como aquele local, aparentemente, tinha sido determinado por alguém. Então, deveria ter algum propósito a permanência daquelas pessoas ali.

Mas, eu não parava de tentar entender o porquê daquela plateia. Curioso aquilo!  Instantaneamente, recebi a resposta, elas estavam ali para assistir a iniciação. Muitos eram meus parentes e amigos. Mas, por razões que não compreendo, eu não as vias nitidamente. Queria vê-las.

Centrei o pensar em querer vê-los para identificar os meus parentes e amigos. Pois, qual a lógica de estarem ali e não termos contato?

E, foi nesse período do questionamento que me vi, novamente, ser transportada dali. Lá ia eu de novo. E agora estava diante da entrada de um daqueles tubo de luz no espaço.

A entrada do tubo de luz era semelhante a entrada de um chakra do nosso corpo.

Fiquei parada naquela entrada, vi que esse caminho era muito longo e sumia no infinito. Pensei: é longo, posso me perder e pode demorar muito seguir essa estrada. Então lutei para não ir. Fiquei com medo do desconhecido.

Mas, não teve jeito. Minha vontade nesse lugar também não contava. Fui puxada para dentro e quase que imediatamente estava numa sala. Onde tinha muitos seres de estatura bem alta, só vi as silhuetas deles. E uma linda senhora sentada numa poltrona.

Cabe aqui explicar que todo o diálogo foi feito mentalmente.

Ela pediu que eu me aproximasse dela. Quando caminhei até ela, fiquei surpresa. Pois lá me dividi em dois corpos. Um de adulto e outro em forma de criança que caminhou até a amorosa senhora.

Ali o meu corpo adulto mantinha plena consciência do meu ser. E ficou parado no mesmo lugar desde que lá chegou. Observei a minha “criança interior”, se assim posso chamar, a reverenciar a matrona.

Aproximei-me dela. Me ajoelhei e fiquei de cabeça abaixada como se tivesse rezando para uma santa. Ela pediu para eu me levantar e ficar à vontade. Como quem diz: não precisa ter essa postura aqui. Mesmo assim, me sentia muito pequena diante dela e não achava adequado não reverenciar a ela.

Vendo o meu embaraço, ela me pegou no colo. Me envolveu com sentimentos de ternura e amor, acariciando-me.

Falou para eu voltar e realizar trabalhos difundindo o Reiki no círculo onde estou. Logo, ela iria me orientar e dizer como eu poderia multiplicar essa dádiva que eu estava recebendo em prol de ajudar meus irmãos necessitados. E que continuasse nessa linha de pensamento. Que está correto.

Quando percebi estava eu novamente lá na área do cerimonial. As pessoas estavam festejando e me receberam felizes. Comecei a enxerga-las mais nitidamente. E uma linda menininha se aproximou para me abraçar. Ela tinha longos e lisos cabelos negros, estava trajando um vestidinho lindo, mas o que mais chamou minha atenção foram as botas. De cano longo e na cor, amarelo queimado.

Achei engraçado ela vestida no estilo anos 60. Fiquei curiosa e quis organizar aquele momento no meu cérebro. Queria saber de fato, quem são essas pessoas e essa criança. Por que estão tão felizes por mim e celebrando a minha iniciação?

Talvez tenha sido esse pensamento mecânico, típico de um cérebro físico, que quer encaixar tudo no seu devido lugar. Buscando a lógica humana para entender o que está além de nossa compreensão que me desconectou desse lugar magnífico.

Retornei ao meu quarto, em minha cama, e havia apenas passado exatos 30 minutos de nossa contagem terrestre. Porém, tive a sensação que fiquei muito tempo nesses locais por onde eu fui.

Que depois fui pesquisar sobre a sua veste no Google. Pois, me chamou a atenção a diferença de minha veste e a sua. A sua veste tinha uma faixa, e no Google consta que é um costume usado, somente, pela classe dos Patrícios: Senadores ou Sacerdotes.

Fiquei bem impressionada, mais uma vez, rsrs, com esse “desdobramento”.

… No dia seguinte acordei e aquela criança estava no meu quarto me olhando. E estava com outro vestidinho muito lindo, rsrs. Falei para o meu esposo e ele disse assim:

“E você não reconheceu a criança?

Eu disse: Não. Mas, senti que era alguém muito querida e próxima a mim. E que fazia questão de estar ali partilhando aquele momento comigo.

Então ele disse, é nossa filha Laura.

(Laura desencarnou recém-nascida.)

Questionou-me se eu não havia percebido a semelhança com a nossa outra filha.

Ele, então, começou a descreve-la e descreveu o vestido que ela estava usando naquela manhã em nosso quarto. E eu arregalei os olhou de espanto. E ele disse: é… Eu a vi aqui no quarto.

Fiquei pensativa… Lembrei que quando descobri a gravidez. Eu tinha muitas fantasias sobre os vestidinhos que iria vesti-la…

Mesmo não querendo lamentar a sua partida prematura. Às vezes me pegava pensando como seria nossas vidas aqui juntas. Quantas comemorações, festinhas, risos e brincadeiras que não tivemos juntas

E agora que meu marido, com riqueza de detalhes, a descreveu. Exatamente como eu a vi no quarto. Eu me senti muito feliz e infinitamente grata ao Reiki por me proporcionar esse momento com ela.

Pois, agora, no dia seguinte a iniciação, percebi que estávamos em um momento muito importante para nós em outro plano…

De minha parte senti que preencheu uma espécie de ruptura que existia em nossas vidas. Dada a brevidade de sua existência terrestre na terceira dimensão.

É isso mestre…

Eu achei que já havia escrito demais. E q essa parte não ia ser preciso porque foi no dia seguinte.

Gratidão Senseis por ouvirem.

Rsrsr. Só não encomende a camisa de força.

Um gde abraço a vcs.

Depoimento de Elineide Bezerra de Souza

Contato: [email protected]

Data da iniciação à distância: 09 de junho de 2020.
Nível: 1
Cidade: Teresina – PI

MESTRE JONHY DE CARLI,

Relatando abaixo o que aconteceu na iniciação do Reiki I, hoje, dia 09/06/2020, às 12:00 horas.

Desde às 11:30 me recolhi para a iniciação. Coloquei essa mesma música durante todo o processo (música que o senhor utiliza nas iniciações).

Primeiramente vi que estava no lugar que sempre vou, que é onde limpo todas as energias negativas, uma cachoeira. Percebi limpando as energias para me preparar para a iniciação. Lá estava presente meus Mentores, e a egrégora de Luz: Jesus, Maria, São Miguel Arcanjo e Saint Germain, além de outros… Depois que eu saí da cachoeira, fui para um lugar ao lado, que o Mestre Johnny De Carli chegou e conversamos um pouco, não lembro o que era. Logo após, iniciou o ritual. Foi intenso, é como se eu tivesse dormindo, meio que acordada.

Durante o processo, visualizei uma águia voando no céu. Como ela estava linda! É como se eu fosse um pouco dessa águia, da liberdade que ela representa e de sua força.

Percebi quando encerrou, porque é como se Eles me retornassem para meu quarto e eu “acordei”. Voltei… É como se eu despencasse de cima para meu corpo.

Bem foi mais ou menos isso.

Gostaria que o senhor falasse um pouco o que sentiu.

Desde já, meus sinceros agradecimentos.

GRATIDÃO! GRATIDÃO! GRATIDÃO!

GASHOO!

Depoimento de Juliana Cabral Barbosa

Contato: [email protected]
Data da iniciação à distância: 28 de abril de 2020.
Nível: 3-B
Cidade: Campos dos Goytacazes – RJ

Querida Rita, bom dia novamente!

Primeiro gostaria de demonstrar minha gratidão.

Fiz o Mestrado há alguns anos e dou aulas desde 2016, mas minha vida mudou ao conhecer vocês.

Me programei para este momento, parece que o aguardava desde sempre!

Sou iniciada na magia e senti muito a presença dos animais de poder, da energia do fogo transmutando e de uma essência que não consegui identificar, mas estava presente.

Om Mani Padme Hum é a música que utilizo para iniciar os alunos desde sempre, e sinto muita conexão com a Ave Maria. Coloquei a que indicou, mas a Ave Maria me fez relaxar muito, muito mesmo. Foi muito importante para que eu conseguisse me conectar e me entregar…

Senti muuuito sono, uma paz profunda! Era como seu meu coração, fisicamente falando, estivesse nas mãos do Mestre me mostrando que era para eu entregar e confiar!

Quando achei que já pudesse estar terminando, veio uma energia muito diferente fazendo espiral no meu frontal. Era algo que no início chegava a soar enlouquecedor, era muito forte e se eu estivesse em pé certamente ia imaginar que ia desmaiar…

Sou muito, muito grata por ter essa linda experiência com vocês, pois nós estamos acostumados a cuidar, mas somos curadores feridos, também precisamos ser cuidados…

Gratidão imensa e sei que nada é por acaso, e estamos começando um lindo ciclo de luz!

Juliana

Depoimento de Gizella de Cássia da Cunha Corinti

Contato: [email protected]
Data da iniciação à distância: 30 de abril de 2020.
Nível: 3-A
Cidade: São Paulo – SP

Boa noite Professor,

Queria dividir com você minha experiência e saber o que significam as percepções que tive. Logo no início vi a silhueta de um homem, não sei dizer quem era, relaxei bastante senti uma leve levitação, mas logo retornei, vi bolas amarelas e depois delas entrei em um túnel de luzes azuis, senti meu terceiro olho latejar e minha cabeça bem pesada, já no final vi nuvens, não sei se dormi nesse momento. Continuo sentindo uma pressão no chakra coronário.

 

Que experiência maravilhosa!

Gratidão.

 

Atenciosamente,

Gizella Cunha

Depoimento de Andréa Silvana Meira Ferreira

Contato: [email protected]
Data da iniciação à distância: 02 de maio de 2020.
Nível: 1
Cidade: Teresina – PI

Boa tarde Rita e Johnny

Desde ontem, ao sentar para participar da primeira aula fui envolvida por uma energia muito intensa, e cada trecho que lia me parece que a vibração aumentava. Passei boa parte do dia assim e pensei: já estou na conexão do trabalho de amanhã, rs

Hoje ao fazer minhas preces para aguardar a iniciação me emocionei muito pois, ao agradecer a caminhada até aqui, agradecer a oportunidade de fazer o estudo e iniciação com o Mestre Johnny de Carli, senti a presença de alguns amigos espirituais da casa espírita que dirijo,  cujo nome é Casa de Apoio Espiritual Irmãos de Luz e o dirigente espiritual é Irmão Isaac, senti também a presença de Irmão Frederick responsável pelos trabalhos de cura, Pai Benedito, Pai Joaquim, Mestra Kuan Yin, Mestre Saint Germain e Lady Portia, Mestre Khutumi, enfim, senti esse amparo, essa força.
Não tenho a mediunidade de ver, mas ao deitar senti a atmosfera diferente, senti bastante o chacra cardíaco e frontal, apaguei, 12:10 abri os olhos, voltei a fechar os olhos e acordei somente 12:40. Ainda sinto o coronário vibrando e meu ouvido esquerdo tá bem incomodado (tenho um incômodo que vai e volta nesse ouvido).
Estou ainda processando o momento, rs
Grata a Deus, a Nosso Senhor Jesus Cristo, Maria, Mestre Usui, Mestre Johnny, Rita.
Se o Mestre Johnny tiver algo a dizer agradeço imensamente.
Gostaria de saber se terei os 21 dias de iniciação, com recomendações.
Abraço fraterno
Andréa Silvana

Depoimento de Anny Fabricia Martini

Contato: [email protected]
Data da iniciação à distância: 02 de maio de 2020.
Nível: 3-A
Cidade: Curitiba – PR

Bom dia Rita, tudo bem com vocês?

Primeiramente gostaria de agradecer todo o seu carinho, me senti muito acolhida e gostaria de dizer que admiro muito todo profissionalismo e humildade de vocês. É lindo isso! Parabéns!! Agradeço de coração!

Então, no dia da iniciação, consegui me conectar com o professor Johnny, em um local lindo, com muito sol. A única sensação que eu tive é que eu tinha um “buraco” no cardíaco, como se tivessem me dado mais um pulmão pra respirar, entende? Uma paz imensa! Um “buraco” no sentido de aumento da capacidade de respirar. Essa sensação eu tenho sempre que aplico Reiki, e no sábado eu senti isso de uma forma muito agradável e fiquei muito bem. Antes da iniciação confesso que estava um pouco ansiosa e com receio de que isso pudesse atrapalhar, mas no final eu estava muito leve. Essa inclusive é uma dúvida que tenho. Eu não sinto nada nas mãos, o único sinal que eu sei que estou conectada é essa sensação de paz, de calma, como se eu tivesse tomado um ansiolítico. Com o tempo eu conseguirei desenvolver essa sensibilidade?  A mestre que me iniciou nos níveis 1 e 2 disse que também nunca sentiu nada nas mãos, mas que sabe que funciona.

Outra coisa que eu queria saber é por que foi feita a iniciação já, sem eu ter feito o curso Nível 3 ainda?

Obrigada mais uma vez e fiquem com Deus!

Anny Martini

Depoimento de Jaime Contente 

Contato: [email protected]
Data da iniciação à distância: 4 de março de 2018.
Nível: Shinpiden

Obs.: Nascido em Portugal, mas reside na Noruega.

Bom dia meu querido Mestre e Professor Johnny!!!

Muita gratidão pela sintonização no Shinpiden, gratidão pela amizade e confiança. Estou muito grato.

Como é normal esta foi diferente das anteriores. Senti mais paz, tranquilidade e confiança.

Percebi nitidamente o começo, (por volta das 20h20m, hora da Noruega, fiz a minha auto aplicação com duração de uma hora onde também contemplou Joshin Kokyuu Ho. Depois esperei calmante pela hora combinada.

Faltando 15m para as 20h30m (hora de Brasília) fiquei em Seiza e Gassho, esperando a sintonização, como disse no Início, percebi nitidamente o começo, uma grande luz cor do Sol inundou a minha “visão”, (onde os meus olhos estavam fechados), parecia que alguém tinha uma lanterna na minha cara, eu só tinha uma vela acesa e distante de mim, em seguida também uma cor Azul inundou durante muito tempo a minha “visão”, este tipo de Azul nunca tinha presenciado, e tampouco durante tanto tempo e tão intenso, era Azul Lápis-lazúli. Também percebi o fim.

Estas foram as minhas sensações.

Uma vez gratidão ao Professor e à Rita pelo vídeo, foi uma alegria e uma emoção vê-los logo em seguida, quase em directo, e ver a sala de curso, pois parece que a conheço tão bem, dos vídeos do youtube.

Uma curiosidade: O Professor iniciou a minha sintonização no dia 3 de março, mas aqui já era 4 de março, e eu fiz o Okuden no dia 4 de maio de 2017.

Professor, esqueci-me de dizer que também senti um sopro muito forte no meu ouvido direito.

Um grande Abraço e um dia feliz junto dos seus alunos com o Reiki e Deus neste segundo dia de curso.

Até já

Jaime

Depoimento de S. K. 

Data da iniciação à distância: XXX

Níveis 1 e 2

Obs.: Foi iniciado à distância, a pedido, quando cumpria pena no presídio de Tupã – SP.

 

Meu grande mestre e amigo pra sempre! Esse dia chegou! Tudo começou com o Senhor, quando me deu oportunidade de mudar o rumo das coisas através do curso de Reiki que transformou toda aquela energia negativa nisso que estamos vendo e vivendo hoje, e me enviou GRATUITAMENTE! o que já mostrou claramente o tamanho do coração do Senhor, pois as minhas condições eram naquele momento as mais adversas possíveis. Lembro até hoje, o resultado foi imediato! E de lá pra cá, até hoje, eu venho utilizando meus aprendizados nos cursos de Reiki Níveis I e II que o Sr. me concedeu, e minha vida nunca mais parou de progredir. A gratidão, mestre, eu creio ser a principal virtude do homem, base de todas as demais. Desta forma, se hoje eu estou me formando no curso de Direito, eu devo ao Senhor e sua esposa, que me proporcionaram essa oportunidade de conhecer o Reiki, que mudou minha vida! Então, mais uma vez obrigado professor! O Sr. não imagina a alegria que estou sentindo em lhe enviar esse convite de minha formatura!

Obrigado, obrigado, obrigado!


Depoimento de Jaime Contente 

Contato: [email protected]

Data da iniciação à distância: 4 de maio de 2017.

Nível: 2 (Okuden)

Obs.: Nascido em Portugal, mas reside na Noruega.

 

Meu querido Mestre,

Peço desculpa de só agora enviar este e-mail e dar-lhe a atenção e o carinho devido, mas em primeiro lugar esteve a família e as tarefas de um dia normal de semana 🙂

Estou muito grato e muito feliz pelo Okuden, pela sintonização com o meu Mestre e Professor. 🙂

Esta sintonização foi claramente diferente do Shoden.

Senti uma energia fortíssima, o meu corpo aqueceu bastante, em todo o momento estive em Gasshô, as mãos chegaram a vibrar, a sensação que tinha na cabeça era que estava a aumentar até não poder mais, senti também muita pressão na cabeça.
Vi muitas cores fortes e a certo momento sinto na cervical um “estalo”, como se alguém ligasse um interruptor, quase que diria que “senti” ou ouvi e de repente uma luz branca enorme encadeou-me. Imagine que está a dormir no seu quarto escuro e alguém o acorda com um foco potente de luz diretamente nos olhos!

Vi também pessoas e animais.

A primeira pessoa apareceu-me no meu lado direito, não sei quem era, tinha uma cabeça enorme um ar engraçado e simpático e cabelo ruivo, mas o cabelo eram cones nos lados e na frente, na restante cabeça era careca, a seguir no meu lado esquerdo apareceu Picasso em camisa branca de braços levantados a sorrir em tom de festa, pele bronzeada, calvo e cabelo branco nos lados. No centro apareceu-me um gorila macho enorme, mas com ar carinhoso e simpático a comer folhas.

Meu querido Professor e Mestre, devo dizer-lhe que quando comecei a fazer yoga, vi muitas coisas e também vi no meu autotratamento. Quer que lhe diga? 🙂

Comecei também a sentir que a energia estava a ficar menos forte, senti então que estava a terminar a sintonização, abri os olhos e eram 15h35m, mas fiquei em Gasshô mais 10 minutos.

Senti-me um pouco cansado até à pouco, mas agora estou com alguma energia, mas vou beber um chá de camomila.

Foram estas as minhas sensações.

Agora é praticar e estudar. Vamos mantendo o contacto porque perguntas e duvidas vão surgir.

Um grande abraço e desejo de uma boa noite

Muita gratidão e o meu obrigado.

Bem haja.

Jaime

WhatsApp Logo