Informações científicas

Informações científicas

Informações Importantes sobre o Reiki

Links informativos logo abaixo :

Reiki agora têm explicação científica.

Pesquisadores avaliam efeitos e mecanismo de terapias alternativas em animais de laboratório

informes1

Ricardo Monezi testou o Reiki em ratos com câncer (Ilustração: Matheus Lopes) Pesquisas recentes comprovam efeitos benéficos e até encontram explicações científicas para acupuntura e reiki. Estudos sobre o assunto, antes restritos às universidades orientais, ganharam espaço entre pesquisadores americanos, europeus e até brasileiros. Recentemente, a Organização Mundial de Saúde (OMS) criou uma denominação especial para esses métodos: são as terapias integrativas. Um artigo exmecanismo da acupuntura contra a dor foi publicado por pesquisadores da Universidade de Rochester na revista Nature Neuroscience em 30 de maio. Criada há quatro mil anos, a prática consiste na aplicação de agulhas em pontos do corpo. Pela explicação tradicional, ela ativa determinadas correntes energéticas para equilibrar a energia do organismo.

Reiki

Seus praticantes acreditam nos efeitos benéficos da energia das mãos do terapeuta colocadas sobre o corpo do paciente contra doenças. Para entender as alterações biológicas do reiki, o psicobiólogo Ricardo Monezi testou o tratamento em camundongos com câncer. “O animal não tem elaboração psicológica, fé, crenças e a empatia pelo tratador. A partir da experimentação com eles, procuramos isolar o efeito placebo”, diz. Para a sua pesquisa na USP, Monezi escolheu o reiki entre todas as práticas de imposição de mãos por tratar-se da única sem conotação religiosa.

No experimento, a equipe de pesquisadores dividiu 60 camundongos com tumores em três grupos. O grupo controle não recebeu nenhum tipo de tratamento; o grupo “controle-luva” recebeu imposição com um par de luvas preso a cabos de madeira; e o grupo “impostação” teve o tratamento tradicional sempre pelas mãos da mesma pessoa.

informes2

Imposição de mãos nos grupos “Controle-Luva” e “Impostação”, respectivamente (imagens retiradas do mestrado de Monezi).

Depois de sacrificados, os animais foram avaliados quanto a sua resposta imunológica, ou seja, a capacidade do organismo de destruir tumores. Os resultados mostraram que, nos animais do grupo “impostação”, os glóbulos brancos e células imunológicas tinham dobrado sua capacidade de reconhecer e destruir as células cancerígenas.

“Não sabemos ainda distinguir se a energia que o reiki trabalha é magnética, elétrica ou eletromagnética. Os artigos descrevem- na como ‘energia sutil’, de natureza não esclarecida pela física atual”, diz Monezi. Segundo ele, essa energia produz ondas físicas, que liberam alguns hormônios capazes de ativar as células de defesa do corpo. A conclusão do estudo foi que, como não houveram diferenças significativas nos os grupos que não receberam o reiki, as alterações fisiológicas do grupo que passou pelo tratamento não são decorrentes de efeito placebo.

A equipe de Monezi começou agora a analisar os efeitos do reiki em seres humanos. O estudo ainda não está completo, mas o psicobiólogo adianta que o primeiro grupo de 16 pessoas, apresenta resultados positivos. “Os resultados sugerem uma melhoria, por exemplo, na qualidade de vida e diminuição de sintomas de ansiedade e depressão”. O trabalho faz parte de sua tese de doutorado pela Universidade Federal do Estado de São Paulo (Unifesp).

E esses não são os únicos trabalhos desenvolvidos com as terapias complementares no Brasil. A psicobióloga Elisa Harumi, avalia o efeito do reiki em pacientes que passaram por quimioterapia; a doutora em acupuntura Flávia Freire constatou melhora de até 60% em pacientes com apnéia do sono tratados com as agulhas, ambas pela Unifesp. A quantidade pesquisas recentes sobre o assunto mostra que a ciência está cada vez mais interessada no mecanismo e efeitos das terapias alternativas.

 

USA – Nos Estados Unidos, a técnica é aplicada no pré e pós-operatório com relatos de pacientes cardíacos que não tiveram depressão e apresentaram recuperação rápida. A terapia complementar é utilizada ainda em transplantados para evitar a rejeição, e em pacientes terminais, quando o reiki pode ajudar para uma morte mais serena e sem dor.

 

Northern Westchester Hospital, N York (NY) – pacientes em geral
St.John’s Riverside Hospital,Yonkers, N York – pacientes em geral
Memorial Sloan Kettering Cancer Center – N York – pacientes em geral
Sammuels Center for Comprehensive Care – St. Lukes-Roosevelt Center – N York
Morgan Stanley Children’s Hospital of New-York Presbyterian: oncologia infantil
Columbia University Presbyterian Medical Center, New York: Tratamentos Reiki a pacientes indicados pelo centro cirúrgico (Columbia Integrative Medicine Program), pacientes de cirurgia cardiotoráxica e funcionários.
Program for Children with Cancer – Columbia, N York– oncologia
New York University Medical Center, N York – Tratamentos reiki para crianças com câncer ou desordens do sangue (também cuidados posteriores), ambulatório pediátrico, esclerose múltipla, mulheres com incapacidades.
St. Mary’s Hospital, Amsterdam, New York : Iniciações Reiki
Maitri Adult Day Health Care, Yonkers, N York – pacientes em geral
Suny Downstate – Brooklyn, N York – pacientes em geral
Coney Island Hospital, Brooklyn, N York – pacientes em geral
St Peters Health Care, Albany, N York – pacientes em geral
Crouse Hospital, Syracuse, N York – pacientes em geral
Body Mind Center, Thompson Health – Canandaigua, N York – pacientes em geral
Clifton Springs Hospital – C Springs, N York – pacientes em geral
Cooper University Hospital-Cooper Cancer Institute, Voorhees, New Jersey (NJ) – oncologia
Englewood Hospital and Medical Center, Englewood, New Jersey : pacientes em geral
Mountainside Hospital, Montclair, New Jersey – pacientes em geral
Center for Hope Hospice, Scotch Plains, N Jersey – pacientes em geral
Centra State Medical Center, Freehold, N Jersey – pacientes em geral
Morristown Memorial Hospital, Carol Simon Cancer Center, N Jersey – pacientes em geral
The Cleveland Clinic, Cleveland, Ohio (OH) – oncologia, cardio, funcionários/pacientes no geral
Metrohealth Medical Center, Cleveland, Ohio – pacientes em geral
Foundation Center for Integrative Medidcine, Lyndhurst, Ohio – pacientes em geral
Portsmouth Regional Hospital – pacientes em geral
Mercy Hospital – Portland – pacientes em geral
Baystate Franklin Medical Center – Greenfield, Massachusetts (MA) – pacientes em geral
VNA and Hospice of Cooley Dickinson – Northhanpton, Massachusetts – pacientes em geral
Beverley Hospital – Lifestyle Mang. Inst.- Danvers, Massachusetts – pacientes em geral
Brigham and Women’s Hospital, Boston, Massachusetts : oncologia, pré e pós-cirúrgico, familiares e pacientes, iniciações para funcionários (manual escrito pelas enfermeiras), estudo
Massachusetts General Hospital, Boston, Massachusetts : grade curricular do corpo de enfermagem, tratamentos para funcionários e pacientes de terapias complementares.
Harvard University, Boston/Cambridge, Massachusetts: (Harvard Medical School – Massachusetts Institute of Technology): Tratamentos no centro de câncer de Harvard, fucnionários dos serviços de saúde da universidade, (Reiki mencionado como a melhor prática por uma das companhias de seguro saúde que trabalha com a universidade).
Lowell General Hospital, Lowell, Massachusetts – oncologia
Children’s Hospital Boston, Boston, Massachusetts – pacientes em geral
Dana Farber Cancer Institute, Boston, Massachusetts – pacientes em geral
Spauling Rehabilitation Hospital Network, Medford, Massachusetts – pacientes em geral
Yale New Haven Children’s Hospital, New Haven, Massachussetts – pacientes em geral
Johns Hopkins Hospital, Baltimore, Maryland (MD): Terapias complementares na grade curricular do corpo de enfermagem
Carroll Hospital Center, Westminster, Maryland :saúde complementar – pacientes em geral
Memorial Hospital, Easton, Maryland – pacientes em geral
Frederick Memorial Healthcare, Maryland – pacientes em geral
Hartford Hospital, Connecticut (CT) : pacientes em geral
Yale-New Haven Hospital, New Haven, Connecticut:Reiki para famílias e UTI cardíaca, pacientes da cardiologia e da oncologia (acompanhamento – tratamentos posteriores)
Middlesex Hospital, Middletown, Connecticut – pacientes em geral
Stamford Hospital, Stamford, Connecticut : pacientes em geral
Windham Hospital, Willimantic, Connecticut : pacientes em geral
Norwalk Hospital Whittingham Cancer Ctr, Connecticut – pacientes em geral
Concord Hospital, New Hampshire (NH) : tratamentos reiki para pacientes terminais
St. Joseph Hospital, Nashua, New Hampshire – oncologia
Wentworth Douglass Hospital, Dover, New Hampshire – pacientes em geral
Portsmouth Regional Hospital, New Hampshire – pacientes em geral
Gifford Medical Center – Randolph, Vermont (VT) – pacientes em geral
Mt.Ascutney Hospital – Windsor, Vermont – pacientes em geral
Southwestern Health Care – Bennington, Vermont – pacientes em geral
Inova Fairfax Hospital, Cancer Program – Falls Church, Virginia (VA) – pacientes em geral
Washington Hospital Center, Washington DC (WA) – oncologia
Center for Integrative Medicine at G.Washington University Hospital- D.C. – pacientes em geral
Evergreen Hospice Services, Kirkland, Washington – pacientes em geral
Multicare Good Samaritan Home Health, Tacoma, Washington – pacientes em geral
York Hospital, York, Maine : pré, pós operatório e durante processo cirúrgico
California Pacific Medical Center (CA) – pacientes em geral
Saint Agnes Medical Center, Fresno, California : pacientes em geral
South San Diego Veterinary Hospital, San Diego, California : reiki para animais
Citrus Valley Medical Center, Covina, California – pacientes em geral
Sharp Memorial Hospital, San Diego, California – pacientes em geral
Hearst Cancer Resource Center, San Luis Obispo, California – pacientes em geral
St.Joseph’s Medical Center, Stockton, California – pacientes em geral
Duke Integrative Medicine – Durham – North Carolina (NC) – pacientes em geral
Frances Warde Health Service, Rosman, North Carolina – pacientes em geral
Heartland Hospice, Sugar Hill, Georgia (GA) – pacientes em geral
Allegheny General Hospital, Pittsburg, Pennsylvania (PA) – pacientes em geral
Banner Heart Hospital, Mesa, Arizona (AZ) – pacientes em geral
St.Andrew’s Children’s Clinic – Nogales, Arizona – pacientes em geral
Universisty Medical Center Corp., Tucson, Arizona – pacientes em geral
Tucson Hospital Center, Tucson, Arizona – pacientes em geral
Arizona State Veteran Home, Phoenix, Arizona – pacientes em geral
Henry Ford Macomb Hospitals, Clinton Township, Michigan (MI) – pacientes em geral
Reproductive Medical Assoicates – Troy, Michigan – pacientes em geral
St John’s Hospital Healing Center – Grosse Pointe Woods, Michigan – pacientes em geral
Abott Northwestern, Minneapolis (MN) – pacientes em geral
Edward Hospital Cancer Center – Naperville, Illinois (IL) – pacientes em geral
Hawaii Pacific Health-Wilcox Memorial Hospital, Lihue, Hawaï : pacientes em geral

INGLATERRA
University College London Hospitals – stress, desordens de humor, oncologia, endometriose
Southampton University Hospitals : oncologia
Aintree University Hospitals, Liverpool : assistência a idosos
Wallace Cancer Care – Addenbrooke’s Hosp-Cambridge University Hospitals : oncologia
South Tees Hospitals, Middlesbrough : oncologia
Prince’s Found. for Integrated Health (HRH Prince Charles’s foundation) : terapia complementar
Breast Cancer Care (charity) : terapia complementar – oncologia
Newham University Hospital, London : projeto de Reiki para funcionários e pacientes
Coventry Community Drug Team – pacientes em geral
St.Giles Hospice, North Lichfield – pacientes em geral

CANADA
University Health Network-Princess Margaret Hospital, Toronto e Ontario : oncologia (pacientes e familiares) – terapias complementares
Université de Moncton, Nouveau-Brunswick : Iniciações de Reiki no curriculum
Tilsonburg District Memorial, Ontario – pacientes em geral

AUSTRALIA
Sir Charles Gairdner Hospital, Nedlands, Western Australia : oncologia
Western Australia’s Department of Health, Bunbury: programa de saúde para maiores de 55
St Patrick’s Care Centre, Fremantle, West Australia : recuperação de alcoolatras e drogados
Queensland’s Health : relaxamento para funcionários do Central Highlands Health Services

ALEMANHA
CGG Klinik (Centrum für ganzheitliche Gynäkologie), Mannheim: Reiki para controle de dor e tratamentos oncológicos
St. Augustinus Krankenhaus, Düren : pacientes em geral
DRK Krankenhaus Lichtenstein (Red-Cross), Lichtenstein : pacientes em geral (fisioterapia)

SUIÇA
Groupe mutuel’s Insurances (Seguros): Pagamento de Tratamentos de Reiki (cond.especiais)
SWICA Insurance (Seguros): Pagamento de Tratamentos de Reiki (saúde preventiva)
Supra Insurance (Seguros): Pagamento de Tratamentos de Reiki (cond.especiais)
ASCA (foundação para o reconhecimento e desenvolvimento de terapias alternativas e complementares) :certificação oficial para terapeutas Reiki
RME (registro de medicinas empíricas) : certificação oficial para terapeutas Reiki

SOUTH AFRICA
Constantiaberg Medi-Clinic, Plumstead – pacientes em geral

EGITO
Center Prof.Hisham Hussein Imam, MD, Cairo – pacientes em geral

PORTUGAL
Hospital de oncologia – Porto

BRASIL
Grupo Hospitalar Conceição – RS, conta com voluntários aplicadores de Reiki. Os voluntários atuam na Emergência, Acolhimento, Grupo do Câncer de Mama, Alívio da Dor, assistência espiritual, visitação aos leitos, Banco de Sangue, Hemodiálise, Unidade de Atenção ao Adolescente, Central do Voluntariado, Centro de Atenção Psicossocial Adulto e Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas.
Centro Infantil Boldrini – Campinas,SP – (http://www.boldrini.org.br/site/como_voluntariado.asp) – Terapias de suporte. Objetivo Central: oferecer aos pacientes internados no Centro Infantil Boldrini a Terapia de Suporte REIKI; oferecer relaxamento e bem-estar aos pacientes internados e/ou seus acompanhantes, através da aplicação da Terapia Reiki, sempre que eles aceitem e solicitem seu atendimento. Início em 2002, dentro do programa de Cuidados Paliativos, como Terapia Complementar. Posteriormente sua atuação foi ampliada para todos os pacientes do Hospital. Atuação nos leitos da Internação, UTI e TMO e na recepção do Hospital. Horário: das 9h às 19h, todos os dias da semana. Pré-requisito: ter 24 anos e formação em REIKI certificada. Cidade Universitária – Campinas – SP Outros serviços: promoção de cursos para formação em Reiki, em parceria com o IPEB; promoção de cursos de atualização para voluntários ativos.
Departamento de Enfermagem da Universidade Federal de Pernambuco – consultório onde a comunidade pode receber atendimento a preço popular, com direito a anamnese e acompanhamento.
Mato Grosso do Sul: (http://www.agorams.com.br/index.php?ver=ler&id=113342) – A Secretaria Municipal de Saúdeestá iniciando o processo para implantação da Terapia Reiki no Sistema Único de Saúde (SUS). No dia 26 de outubro, acontece na Fazenda São Jorge, no Sidharte Lua (Espaço Reiki), um encontro com profissionais de saúde de nível superior da Rede Municipal de Saúde.
Hosp.Santa Izabel – Bahia – (http://www.correiodabahia.com.br/aquisalvador/noticia.asp?codigo=133291)Profissionais do Hospital Santa Izabel usam técnica oriental para reduzir tempo de internação.

Energia liberada pelas mãos consegue curar malefícios, afirma pesquisa da USP

informes3

A missionária Marta Brisa transmite as técnicas de Johrei em Ana Paula Politi (Foto: Lucas Mamede/Da Gazeta de Ribeirão)

Um estudo desenvolvido recentemente pela USP (Universidade de São Paulo), em conjunto com a Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), comprova que a energia liberada pelas mãos tem o poder de curar qualquer tipo de mal estar. O trabalho foi elaborado devido às técnicas manuais já conhecidas na sociedade, caso do Johrei, utilizada pela igreja Messiânica do Brasil e ao mesmo tempo semelhante à de religiões como o espiritismo, que pratica o chamado “passe”.

Todo o processo de desenvolvimento dessa pesquisa nasceu em 2000, como tema de mestrado do pesquisador Ricardo Monezi, na Faculdade de Medicina da USP. Ele teve a iniciativa de investigar quais seriam os possíveis efeitos da prática de imposição das mãos. “Este interesse veio de uma vivência própria, onde o Reiki (técnica) já havia me ajudado, na adolescência, a sair de uma crise de depressão”, afirmou Monezi, que hoje é pesquisador da Unifesp.

Segundo o cientista, durante seu mestrado foram investigado os efeitos da imposição em camundongos, nos quais foi possível observar um notável ganho de potencial das células de defesa contra células que ficam os tumores. “Agora, no meu doutorado que está sendo finalizado na Unifesp, estudamos não apenas os efeitos fisiológicos, mas também os psicológicos”, completou.

A constatação no estudo de que a imposição de mãos libera energia capaz de produzir bem-estar foi possível porque a ciência atual ainda não possui uma precisão exata sobre esse efeitos. “A ciência chama estas energias de ‘energias sutis’, e também considera que o espaço onde elas estão inseridas esteja próximo às frequências eletromagnéticas de baixo nível”, explicou.

As sensações proporcionadas por essas práticas analisadas por Monezi foram a redução da percepção de tensão, do stress e de sintomas relacionados a ansiedade e depressão. “O interessante é que este tipo de imposição oferece a sensação de relaxamento e plenitude. E além de garantir mais energia e disposição.”

Neste estudo do mestrado foram utilizados 60 ratos. Já no doutorado foram avaliados 44 idosos com queixas de stress.
O processo de desenvolvimento para realizar este doutorado foi finalizado no primeiro semestre deste ano. Mas a Unifesp está prestes a iniciar novas investigações a respeito dos efeitos do Reiki e práticas semelhantes a partir de abril do ano que vem.

“Efeitos do Reiki na evolução do granuloma induzido através da inoculação do BCG em hamsters e do tumor ascítico de Ehrlich induzido em camundongos”.
Tese apresentada à USP – Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, para a obtenção do Título de Mestre em Ciências. São Paulo – 2008.
Autor: Ricardo Rodrigues Garé.

Clique no link abaixo para acessar a tese

[Tese de Mestrado – Ricardo Rodrigues Garé – 2008]

 

“Uma sessão de Reiki em enfermeiras diagnosticadas com síndrome de Burnout tem efeitos benéficos sobre a concentração de IgA salivar e a pressão arterial”.
Autores: Lourdes Díaz-Rodríguez; Manuel Arroyo-Morales; Irene Cantarero-Villanueva; Carolina Férnandez-Lao; Marie Polley e César Fernández-de-las-Peñas.


Clique no link abaixo para acessar o trabalho

[http://www.scielo.br/pdf/rlae/v19n5/pt_10.pdf]

“Avaliação de efeitos da prática de impostação de mãos sobre os sistemas hematológico e imunológico de camundongos machos ”.
Dissertação apresentada à Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) para obtenção do título de Mestre em Ciências. São Paulo – 2003.
Autor: Ricardo Monezi Julião De Oliveira.


Clique no link abaixo para acessar a dissertação

[Dissertação de Mestrado – Ricardo Monezi – 2003]

Em 2013, o cientista Ricardo Monezi Julião de Oliveira recebe o primeiro título de “Doutor em Ciências”, pela renomada Universidade Fede­ral de São Paulo – UNIFESP – Escola Paulista de Medicina, com a Tese “Efeitos da prática do Reiki sobre aspectos psicofisiológicos e de qualidade de vida de idosos com sintomas de estresse: estudo placebo e randomizado.”


Clique no link abaixo para acessar a Tese

[Tese de doutorado sobre o Reiki – Ricardo Monezi – 2013]

Galeria de Vídeos

01) Pesquisa sobre o Reiki na UNIFESP (TV Globo) (3:12)

02) Reiki no Globo Repórter (4:25)

03) Comprovação científica do Reiki – Parte 1 de 3 (5:04)

04) Comprovação científica do Reiki – Parte 2 de 3 (7:15)

05) Comprovação científica do Reiki – Parte 3 de 3 (3:21)

06) Reiki no Hospital São João – Portugal – TV Canal Porto (18:41)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *